O que é um pneu Run Flat? Saiba mais sobre esse pneu

Existem muitas modalidades de pneu atualmente, e normalmente as pessoas não têm conhecimento de todas antes de comprar um pneu para o carro ou moto. Então, iremos explicar neste artigo sobre o que é um pneu run flat, para que você fique mais por dentro sobre o assunto.

Nos países desenvolvidos, esse tipo de pneu já é bastante utilizado, no Brasil, esse sonho já está se tornando realidade em alguns carros importados.

Acompanhe os tópicos abaixo e veja em detalhes tudo sobre esse pneu que se torna cada vez mais desejado.

O que é um pneu run flat?

Veja a camada diferenciada do pneu run flat.

Ter um pneu run flat é o sonho de qualquer motorista, pois, se furar ou esvaziar por algum motivo, a pessoa não precisa parar o carro para trocar o pneu. Poderá seguir viagem normalmente e trocar assim que as condições estiverem favoráveis.

Quando um pneu normal fura ou murcha, o carro não pode continuar rodando, pois pode estragar as rodas, e então o prejuízo será maior. O diferencial do pneu run flat é que ele possui uma camada específica que não deixa as rodas entrarem em contato diretamente com o asfalto.

Dessa forma, o motorista poderá trocar em outro momento, esperar chegar em uma borracharia ou em um lugar seguro para fazer a correção do pneu.

Nos dias atuais, preza-se muito a questão de segurança, então, não é indicado parar em qualquer lugar para trocar um pneu, principalmente se for à noite, em local não movimentado. Logo, o pneu run flat é uma vantagem também em termos de segurança.

É importante lembrar que, caso o pneu run flat fure, não é recomendado que seja colocado um normal no lugar, pois ficará diferente dos outros três run flats e poderá causar problemas, devido a não terem as mesmas características.

Quais as funções desse tipo de pneu?

Vamos entender agora como funciona o pneu run flat. Essa tecnologia é baseada em flancos reforçados no interior do pneu, para que a roda não sofra atrito com o asfalto. Os flancos reforçados mantêm o pneu na jante e não permite que fique colapsado devido ao peso do veículo.

Esse novo projeto de pneu permite que o veículo rode por até 80 km após furar ou perder pressão. Esse é o tempo necessário até que o motorista chegue a um local para realizar a correção do pneu.

Quando um pneu convencional fura, ocorre o contrário, ele fica colapsado por causa do peso do veículo. Então, os talões saem da jante e as laterais se “achatam” sobre o asfalto. Devido a esse esmagamento do pneu, não se pode rodar com ele muito tempo, pois corre-se o risco de amassar as rodas e ainda cortar os pneus.

Em quais veículos esse tipo de pneu é compatível?

Somente veículos apropriados podem utilizar a tecnologia run flat.

Até aqui, você pode ter ficado animado em poder se beneficiar dessa tecnologia. Mas, infelizmente, não são todos os veículos que podem se beneficiar dessa evolução dos pneus, ois eles só podem ser utilizados em veículos que são projetados especificamente para receber esse tipo de pneu.

Os automóveis que fazem uso dos pneus run flats, devem ter um sistema de monitoramento de pressão para que o motorista saiba quando o pneu foi furado ou está perdendo pressão mais rápido que o normal. Os pneus também são ajustados para cada tipo de veículo, ou seja, os pneus para determinado modelo não podem ser usados em outros.

Hoje, esses carros são encontrados mais facilmente fora do Brasil. Alguns carros importados podem ser encontrados por aqui já com o benefício do pneu run flat, mas, com o avanço rápido da tecnologia, logo teremos carros acessíveis por aqui.

Veja no próximo tópico onde encontrar esse tipo de pneu, bem como a faixa de preço.

Onde comprar o pneu run flat e qual a faixa de preço?

Os pneus run flats, por enquanto, não são tão fáceis de serem encontrados no Brasil. Estão disponíveis apenas para carros que utilizam pneus desportivos. Os preços são um pouco alto, devido à pouca oferta no mercado. Assim que esses carros se tornarem populares, os preços deverão cair. Talvez não demore muito, pois empresas como Mercedes, BMW, Honda e Chevrolet já estão lançando carros com pneus run flats.

Mas muitas gigantes fabricantes de pneus já disponibilizam esse tipo de pneu no mercado, tais como Dunlop, Continental, Hankook, Bridgestone, Pirelli, Yokohama, Kumho, Michelin e Goodyear. Vê-se que muitas empresas estão trabalhando com essa tecnologia, o problema é que não é compatível, ainda, com todo tipo de carro.

Manter um carro com pneus run flats não é tão barato, geralmente eles custam o dobro dos pneus normais. Lembrando ainda que a troca ou manutenção não pode ser feita em uma borracharia ou loja comum, mas numa loja especializada nesse tipo de tecnologia, ois o procedimento de montagem é diferente dos pneus comuns.

Um outro ponto importante em relação aos gastos é que os pneus run flats são mais pesados que os normais, logo, fazem com que o veículo gaste mais gasolina.

Como medir a pressão destes pneus e qual a sua duração média?

A pressão dos pneus run flats é verificada pelo sistema de monitoramento do veículo.

O monitoramento da pressão dos pneus run flats é feito pela tecnologia de monitoramento já disponível pelos fabricantes dos carros. Como falamos, ter um sistema de monitoramento de pressão é uma das exigências para se usar um pneu run flat.

Com esse sistema disponível, o motorista não terá o trabalho de ficar monitorando manualmente a pressão dos pneus, ou até mesmo verificando todos os dias se os pneus não estão abaixando mais que o normal.

Para rodar com um veículo que utiliza esse tipo de pneu, a pressão deverá estar correta e calibrada para todos os pneus, para evitar possíveis problemas. Por isso, é importante esse monitoramento contínuo.

Um ponto importante em relação a esses pneus é que eles duram menos que os pneus normais, mas podem rodar até 80 km, mesmo estando furado ou murcho. É sempre bom colocar isso na balança quando for analisar o custo-benefício.

Quais as vantagens do pneu run flat?

Vamos falar agora sobre um ponto bem esperado. Vimos que são mais caros que os normais, que duram menos, etc. Mas, enfim, quais seriam as vantagens de utilizar esses pneus, e não os convencionais?

Uma das grandes vantagens é que podem rodar até 80 km após furar ou perder pressão. Mas é importante, sempre que o sistema de monitoramento acusar a perda de pressão, parar o veículo e analisar as condições dos pneus.

Uma outra grande vantagem é que, como os pneus possuem uma lateral bem resistente, não haverá dilatação nos pneus. Essa dilatação normalmente faz com que os pneus estourem ou furem com mais facilidade.

Mas pode acontecer de se formar essas bolhas nos pneus run flats.Portanto, se isso acontecer o estrago será menor, o pneu não irá estourar, causando risco de acidente na estrada, apenas perderá pressão rapidamente, sendo, então, mais seguro do que os normais.

Caso alguém rasgue o seu pneu ou você passe em algum local que provoque esse tipo estrago, você não terá com o que se preocupar, já que poderá rodar normalmente com ele.

Resumindo, os pneus run flat trazem mais segurança e conforto para os condutores, já que, em meio a um mundo com índice tão alto de violência e acidentes, as pessoas estão prezando a segurança e conforto bem mais que o custo.

Qual é a legislação aplicada para esse tipo de pneu?

De acordo com a Resolução 14/1998 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito), não são aplicadas as mesmas regras de um veículo normal a um que utiliza pneus run flat.

Um veículo que utiliza essa tecnologia não precisa, por exemplo, ser equipado com macaco, chave de rodas e estepe, visto que não é preciso realizar a troca de pneu, caso este fure ou perca pressão.

Veja a transcrição do Art. 2º, Inciso V, Alínea a: “Dos equipamentos relacionados no artigo anterior, não se exigirá pneu e aro sobressalente, macaco e chave de roda nos veículos equipados com pneus capazes de trafegar sem ar, ou aqueles equipados com dispositivo automático de enchimento emergencial”.

Como vimos, os pneus run flatsão uma nova tecnologia projetada para facilitar a vida dos condutores, promovendo comodidade e segurança. Como ainda está no início, poderá ser melhorada a cada dia e tornar-se mais acessível também.

Hoje, somente os carros importados oferecem esse tipo de pneu, mas no futuro pode tornar-se mais popular. Há chances também de ser melhorada, como ganhar aumento na durabilidade e o preço tornar-se mais popular.

Mas tudo depende de as fabricantes de veículo começarem a lançar carros com valores mais acessíveis com adaptação para uso dos pneus run flat. Com o avanço rápido da tecnologia em todas as áreas, esse sonho poderá se tornar realidade mais rápido do que imaginamos.

Se esse artigo foi útil para você, que tal compartilhar com seus amigos nas redes sociais? Acompanhe nossas publicações para ficar informado(a) sobre outras novidades como essa.

Share

Leave comment